Publicado em Resenha

Opinando|A Fraternidade por Fernando Luiz e Editora Skull

Olá, leitores!

UAL! A dica de leitura de hoje é interessante, intensa e vampiresca ❤

Há séculos o mundo crê nas lendas contidas nos livros, mas nunca acreditará na verdade existente nas ruas da Romênia. Com a morte de Drácula, a instabilidade entre vampiros e lobisomens tornou-se um ponto chave para a criação de leis. O Coven formado por quatro anciãos ordenou a Igor, o lacaio do Conde, que encontrasse a pura estirpe de Vladislau, um herdeiro humano que guarda a essência vampiresca em seu sangue, o único que pode guiar os vampiros neste novo mundo onde são apenas lenda. Vladmir Notoryev não imagina a enrascada que se meteu ao deixar um velho moribundo entrar em sua casa; a partir daquele dia, era só gritar e Igor o atenderia.
Dimitri Skapov é um jovem estudante deslumbrado com as novidades do mundo acadêmico. Sua primeira festa na fraternidade Dracul será a última. Ao descobrir o segredo de Alira, a líder da casa negra mais badalada do Campus, o jovem calouro é tirado de cena. O que Alira nunca imaginou é que o bisbilhoteiro retornaria diferente, com um charme incomum, algo que ela só havia conhecido no passado, um charme Dracul. 
Treinado por Vladmir, o Conde de Dracul, o jovem universitário começa a entender os motivos de ter se tornado um vampiro e abandonado seus amigos. Ao lado de Velcan, um lobisomem e chofer, ele enfrentará a bela e sedutora Alira na intenção de impedir mais mortes e mostrar ao Coven que a noiva de Drácula ainda vive e que, no passado, todos foram enganados.

Ficha Técnica do Livro

Suspense e Mistério
ISBN-13: 9788553037070
Ano: 2018
Páginas: 300
Idioma: português 
Editora: Editora Skull


Você aprecia histórias de vampiros e lobisomens?
Acredita que já leu todos os tipos de livro sobre o assunto?

Apresento a vocês A FRATERNIDADE, um livro que entretém e ensina.
Em A Fraternidade, Fernando Luiz nos apresenta a linhagem Draculea e nos envolve em uma trama de relacionamentos duvidosos, mentiras, dramas seculares e disputas por posição e poder.
Sou muito suspeita para falar sobre os livros dele porque eu o acompanho há algum tempo e sou fã de carteirinha!

Luana (eu) e Fernando Luiz durante o evento da Caravana Literária em Jundiaí em 2018.

Isso não significa que eu não aponte os deslizes, quando existem rsrs. Mas, vamos ao livro…
Comecei a ler pensando ser só mais um livro de vampiros e lobos.
Sim, é um livro de vamps e lobos, porém, mais que isso, é um livro que chama a atenção pelo conteúdo auto-explicativo e pela pesquisa que certamente ele fez para escrever Fraternidade (o leitor sabe quando o escritor faz o ‘dever de casa’).
A trama aparentemente comum, jovens numa universidade, coisas estranhas acontecem… Tudo bem até aí… Até o jovem Dimitri ser encontrado e ter sua vida totalmente mudada por alguém que até então seria um sonho encontrar em pleno século 21.
As partes que mais me chamaram atenção foi durante o desenrolar da trama para saber quem era a ‘víbora’ da história, quem eram os vilões e o motivo!
Tive uma certa raivinha de Alira, a vamp secular, com sua petulância e audácia, além da maldade na fraternidade Dracul.

Meu coração não se derreteu por nenhum deles, mas se tivesse que escolher (eu sei que o autor espera essa declaração! hahaha), seria Vlad ❤ Meu para sempre, por toda a eternidade e eu faria fácil o papel da Thamina ❤

Quando cheguei no pré-clímax da história, quase me surpreendi com a escrita, então lembrei de quem se tratava: Fernando Luiz. A escrita está aprimorada, digamos um pouco mais refinada em relação a livros anteriores, de forma sutil, mas notável a quem o acompanha, e o característico estilo aventuresco, dinâmico e envolvente. Prende o leitor do início ao fim com sua escrita objetiva sem empobrecer o texto.
E a carga emocional dos personagens condiz com o enredo estilístico do autor e pertinente à história.

A revisão deixou a desejar em algumas partes. A diagramação está linda e a capa também!

Se você, caro leitor, tiver a coragem de se deparar com a genealogia de Drácula, sua história real, as referências a Bran Stocker entre outros autores citados no texto, além de uma dádiva ao final, a genealogia draculea tal qual ela é, então poderá comprovar o que deixo nessas linhas!

Te desejo coragem de ler e coragem de se aproximar mais daquele que inspirou muitos livros e filmes.

Considerações Finais

Adorei a forma como a relação de vamps e lobos foi apresentada. Uma relação inicial de contrapontos, mas que apresentou-se em uma parceria maravilhosa.

Nunca se sabe o quanto um livro vai te surpreender, mesmo conhecendo a forma do autor. Arrisque-se, sempre!!


Acesse para adquirir o seu exemplar!

Acesse as redes sociais e fique por dentro das novidades da editora!

SKOOB: https://www.skoob.com.br/a-fraternidade-765497ed769398.html
FACEBOOK: https://www.facebook.com/editoraskull/
INSTAGRAM: https://www.instagram.com/skulleditora/
e-LOJA : http://www.lojaeditoraskull.com.br/

Boa Leitura!
Luana Andrade
#autoresskull

Anúncios

Autor:

Poetisa da vida, leitora por vontade, ferroviária por destino, rabiscadora de cadernos, apaixonada por livros. Colorindo a vida e os amigos com amor <3 - Jundiaí - SP - Brasil ! #leiamais #livros

Um comentário em “Opinando|A Fraternidade por Fernando Luiz e Editora Skull

  1. Em 1 lugar magnifico blog
    Muito bom gostei imenso!
    Vou ficar atento as suas postagens!
    Tamebém AMO ler e escrever também ahahah
    Aguardo sua visita e seus comentários no meu blog 🙂

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s