Publicado em Datas Especiais, Desafios, Mural, Reflexão

É só mais uma de blogueira!

Boa noite, pessoal!

Sim, eu sei! Dia 25 foi ontem!

Não, eu não estou atrasada em parabenizar meus amigos e parceiros escritores rsrs! Apenas quero expressar que o apoio à eles e ao seu trabalho deve acontecer no dia seguinte também e no seguinte e seguinte… 365 seguintes!

Eu, como blogueira e rabiscadora de poesias da vida e da alma, posso dizer que não é fácil manter sempre aquela chama acesa e enfrentar os “leões” diários, para que a literatura seja sempre a vencedora nessa batalha de gigantes, todavia sou infinitamente grata quando um escritor parceiro ou novo, lê uma postagem, elogia ou critica um comentário ou resenha, solicita uma divulgação ou mesmo traz aquela “injeção” de ânimo que todos precisamos, em algum momento da vida (eu sempre! rsrs).

É bastante trabalhoso dedicar tempo, capacidade e saúde em fazer o melhor pela literatura nacional, e isso é o básico para quem faz tudo com amor e dedicação!

A frase mais comum que ouço é: “Você só pensa nesse blog?”, “Você só vai a eventos de livros?”. Imagino como deve ser custoso para escritores dedicarem-se à escrita em tempo integral, mantendo família e trabalho (para dizer o básico) e na maioria das vezes um tanto triste frente às cobranças!

É surreal pensar em como administram todas as áreas da vida e ainda a escrita!

Uma grande amiga e escritora, Priscila Gonçalves (que recentemente lançou seu primeiro livro, Alys pela Editora Pendragon) disse que não saberia responder como consegue administrar casa, família, vlog, escrita, cuidados pessoais etc.

Eu disse, é custoso!

Mas, e o retorno de tudo isso?

Há quem pense que por trás de cada livro, cada lançamento, rolem rios de dinheirinhos! (caberia uma risada se não fosse trágico!) Não, querido leitor! Não acontece o esperado retorno financeiro, em 99% dos investimentos! Posso arriscar minha pele dizendo que nem mesmo o devido reconhecimento…

E então por quê continuamos?

“Ai, Lua, que discurso derrotista!”

Não, não!

É só para que a os leitores tenham ciência do quanto custa produzir cultura. Às vezes minha família pensa que passo horas em frente ao notebook, fazendo um ‘monte de nada’ rsrs. Só navegando… Uma postagem bem feita envolve pesquisa, reunião de material, adequação… Um livro também. É muito mais que sentar e escrever! E o Caderno da Lua é uma vitrine, onde exponho o melhor da literatura nacional, gratuitamente, diga-se!

Voltando à pergunta, então por que continuamos em frente? 

Quantas vezes passamos noites insones escrevendo ou preparando material, brindes, cartas, “mimos”, pensando em como arranjar isso ou aquilo para que os blogueiros, possam receber algum incentivo por ajudar a divulgar, sem pensar muito naqueles que estão lá somente pelos brindes…Por que continuamos?

Por que pensamos tanto em divulgar nosso trabalho, fazendo sorteios?

Por quê?

Vou  DESAFIAR meus amados amigos ESCRITORES E BLOGUEIROS responderem essa pergunta aqui nos comentários 🙂 com suas considerações e ao final farei uma outra postagem fechando esse tema!

Bora lá?!

Até breve

(continua…)

empurrand lapis

Anúncios

Autor:

Poetisa da vida, Leitora por vontade, Ferroviária por destino, Rabiscadora de Cadernos, Apaixonada por Livros, pelos amigos, pela vida e filosóficamente dramática :) - Jundiaí - SP - Brasil ! #APOIOAUTORESNACIONAIS

14 comentários em “É só mais uma de blogueira!

  1. Lua, você é um amor! De fato, não é fácil enfrentar os desafios diários, mas a gente consegue e de cabeça erguida. “Você só pensa nesse blog?”, “Você só vai a eventos de livros?”, além “Você só posta sobre livros também são as frases que mais ouço. As pessoas não entendem que sentimos amor pelo que estamos fazendo. Elas não têm ideia do que fazemos para dar o devido valor aquele escritor e a seus livros. Eu mesmo, já passei noites em claro criando material para divulgação. E, claro, a ingratidão, infelizmente, faz parte de nossa mundo. Muitas vezes não ouvimos “obrigado!”, nem sequer curtem a nossa página.

    Eu divulgo meu trabalho, porque gosto, porque me faz bem e porque acredito no trabalho dos escritores nacionais. Os sorteios são uma forma de agradecer meus leitores, as pessoas que nos seguem, que curtem e compartilham nosso trabalho… que reconhecem nosso esforço.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Que pergunta difícil! Hahaha
    As pessoas gostam de ganhar coisas e quando vc promove algum prêmio gratuito, como no caso dos sorteios, elas vão pelo menos olhar seu conteúdo. Sim, os leitores são interesseiros. Ao mesmo tempo em que não leitores também participam, acaba se tomando uma porta de entrada para a literatura.
    É mais ou menos isso. Não sei explicar direito. Kkkkkk

    Curtido por 1 pessoa

  3. Por que quando fazemos o que amamos, não importa as dificuldades que enfrentamos, queremos sempre dar nosso melhor, queremos que as pessoas ouçam falar de nós, mesmo que não leiam nosso trabalho de primeira, mas que vejam e recebam algum tipo de conteúdo que as fará se lembrar.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Pri Visacri, obrigada pela visita e por ler o texto, você captou o cerne da mensagem que quis passar e do que realmente penso rsrs Nosso empenho em fazer o que amamos permite-nos vencer muitas barreiras, aparentemente intransponíveis 🙂 Beijos, minha linda, volte sempre!

      Curtir

  4. Todo mundo gosta de ganhar mimos, lembranças, prêmios, enfim… ganhar.
    Os leitores não são diferentes. Eu, particularmente, enfrento lutas diárias para me manter firme no meu propósito, afinal, no atual momento não tenho material físico para vender, apenas conteúdo online no Wattpad e LuvBook e de modo gratuito, mas existem outras coisas na mágica que é a literatura que não envolve reconhecimento financeiro, claro, não serei leviano e falar que não tenho aquele pedacinho de sonho em ser remunerado por algo que faço com amor, mas minha realidade não é essa.

    Promover sorteios, brindes ou qualquer outra coisa, acredito que é uma maneira sim muito válida de chamar a atenção e agradecer aqueles que acreditam nos nossos sonhos, como eu disse certa vez; não existe nada que pague alguém que apoia aquilo que você acredita e se empenha.
    Mas, como tudo na vida, precisamos estar preparados para enfrentar os espinhos no momento de colher as rosas. Lógico que apareceram pessoas que SÓ querem ganhar, mas nunca darão chance para conhecer seu trabalho. Recentemente, fiz um sorteio na página da série e no final, quando saiu o ganhador, percebi que a página perdeu algumas curtidas e seguidores. Poderia ser desanimador, (de fato foi, por um curto período), mas permaneceram pessoas que hoje são meus leitores.

    E todas essas lutas e investimentos se tornam válidos quando encontramos, esporadicamente, alguém no caminho e diz: “Amei o modo como você escreve”, “me conectei a sua história de tal forma que sinto os personagens vivos em mim”. Enfim, existe muita mágica envolvendo o processo de escrever e de ler.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Uma ilustre visita e uma ilustre opinativa! Gracias! Só quero dizer que a sua luta, sua preseverança e sua dedicação, como a de alguns outros escritores-amigos, constituem o combustível nos momentos de fraqueza e o bálsamo nos momentos de dor desta blogueira ❤ Vos amo!

      Curtir

  5. Oi Lua, adorei o post e desde já agradeço em nome de todos os que amam os livros, seu esforço em prol da nossa literatura.
    Todo tipo de divulgação é válida e cada uma atinge um determinado público (eles estão por toda parte e é preciso diversificar as mídias). Já pesquisei sobre as redes sociais mais populares e descobri inclusive que, apesar de toda popularidade do facebook, ainda existe muita gente (por incrível que pareça) com pouquíssima interatividade nele, sem nos esquecer também, da importância do contato, do boca a boca, tão quanto ter centenas de “amigos” conectados. Variar as mídias e associar o fato à realização de sorteios é sempre um chamativo. Não é fácil bancar brindes, livros, despesas com envios, mas acho temos que considerar como um investimento se realmente gostamos e pretendemos continuar no meio literário. Enfim, é uma luta diária. Obrigado por lutar conosco!

    Curtido por 1 pessoa

  6. Que texto, Lua! ♥ Obrigada por ser tão maravilhosa!

    Quanto à pergunta… Posso dizer que não sei?! hahaha Acho que está no cerne de cada ser humano tentar não desistir, fazer de tudo para que seu trabalho seja visto e reconhecido, independente de quais ações sejam tomadas… Acho que quando a gente ama o que faz e se dedica (às vezes mais do que a sanidade permite hahahaha), tudo vale a pena para chamar a atenção do leitor: sorteios, mimos, tempo “”perdido”” nas nossas criações… Quando a gente descobre que tocou o coração de alguém, que ensinamos algo, seja através da nossa obra ou através do nosso trabalho em divulgar a literatura nacional, esquecemos todos os sufocos e percebemos que sim, vale a pena, mesmo que esses momentos sejam tão raros.

    Enfim, é isso hahaha ♥ Bjão

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s