Publicado em Notícias

EX-CHEFE DE REPORTAGEM TROCA REDAÇÕES POR AUTOPUBLICAÇÃO DE LIVRO DE SUSPENSE POLICIAL

O telefone toca na mesa de uma repórter do Diário Carioca. Do outro lado, desespero. Uma garotinha de 9 anos narra, ao vivo, o crime brutal que vê pela janela de casa. A vítima é sua mãe. O diálogo tenso que se segue prende o leitor já no capítulo inicial do livro “PRIMEIRA PÁGINA – Conflito na Baiana”, livro de estreia na ficção de um jornalista carioca com 25 anos de experiência em redações de jornais diários, como O Globo, Jornal do Commercio, O Dia, Jornal dos Sports e Gazeta Mercantil.

Nos últimos 7 anos (entre janeiro de 2009 e maio de 2016) o jornalista José Maurício Costa, ou JM Costa, como assina sua obra, ocupou o cargo de chefe de reportagem doperfil do autor jornal Extra, um dos maiores diários populares do país. Por lá comandava uma equipe de até 22 repórteres na cobertura diária dos mais diversos assuntos como Cidade, Educação, Polícia, Saúde, Política e Transportes. Com a crise nas redações de todo o país, o seu cargo foi extinto e ele decidiu investir em uma carreira literária, lançando seu primeiro livro aos 44 anos.

Em seu livro de estreia, o autor mescla ficção com críticas sociais e convites à reflexão sobre comportamento humano e a  relação da imprensa com a sociedade. A protagonista da trama é Clara Gabo, uma repórter carioca em início de carreira, que não mede esforços para atender à menina que lhe pediu ajuda por telefone. Mesmo que isso signifique contrariar orientações de sua chefia e colocar a própria vida em risco. Á medida que avança na reportagem e publica seus desdobramentos no jornal, Clara descortina uma série de fatos que podem comprometer a cúpula da segurança no Estado. Aí é que começam os dilemas:

Até que ponto um repórter pode publicar tudo o que descobre? Qual a distância entre a verdade apurada nas ruas e a verdade que acaba noticiada para a população? Será possível para uma repórter novata superar barreiras morais e políticas para cobrar justiça? Isso é o que Clara vai descobrir nos três dias que terá para concluir sua matéria. Além de pressões externas e dentro da própria redação, Clara ainda terá que se preocupar com a segurança de sua principal fonte, uma garotinha que ela só conhece pela voz.

capa de Primeira Página

SINOPSE: O telefone toca na mesa de uma repórter do Diário Carioca. Do outro lado, desespero. Uma garotinha de 9 anos narra, ao vivo, o crime brutal que vê pela janela de casa. A vítima é sua mãe. O diálogo tenso, a partir de então, dita o tom acelerado que acompanha o leitor do primeiro ao último capítulo de “PRIMEIRA PÁGINA – Conflito na Baiana”.
Clara Gabo, repórter carioca em início de carreira, não mede esforços para atender ao pedido de ajuda da menina que lhe procurou por telefone. Mesmo que isso signifique contrariar orientações de sua chefia e colocar a própria vida em risco.
À medida que avança na reportagem e publica seus desdobramentos na primeira página do jornal, Clara descortina uma série de fatos que podem comprometer a cúpula da segurança no Estado e até mesmo a sua carreira.

Romance policial / Suspense e Mistério / ISBN-13: 9788592269906 / Ano: 2017 / Páginas: 168 / Idioma: português / Editora: Independente

 

 

LIVRO FAZ SUCESSO COM VERSÃO ONLINE E GANHA CAMPANHA DE PRÉ-VENDA PARA LANÇAMENTO FÍSICO EM MARÇO

A opção por uma publicação física independente veio depois do sucesso de crítica que o livro obteve na plataforma digital Wattpad. Publicado por lá entre outubro e novembro de 2016, o livro coleciona centenas de comentários elogiosos. Alguns deles ganharam um capítulo específico na publicação digital, batizado de “Dos Leitores”. Em dezembro, o jornalista abriu a pré-venda do livro físico em uma campanha de crowdfunding na plataforma Kickante. Vendeu 130 livros de forma antecipada e bateu a meta de 90% dos R$ 8 mil que pedia para rodar uma primeira edição independente.

— Ainda não me sinto maduro para as livrarias. No momento estou investindo na formação de uma base de leitores. A publicação digital no Wattpad me deu um bom termômetro de como o público avalia a obra. Agora essa primeira edição independente me dará munição para sair em campo divulgando livro e fomentando o boca a boca — revela o autor.

Para chamar a atenção para seu livro de estreia, JM Costa produziu um book trailer em que reproduz o telefonema da garotinha para a repórter, na redação do jornal. O resultado ficou tão realista que, não raro, ele precisa explicar que o áudio é uma encenação.

— Gosto de brincar com esse limiar entre ficção e realidade. Eu passei os últimos 25 anos contando histórias da vida real. A ideia agora é mesclar realidade e ficção para contar minhas próprias histórias. Mas acredito que, por conta da minha formação, minhas histórias sempre terão referências reais e críticas sociais — resume o autor que, além de escritor, é divulgador, editor e vendedor de sua própria obra.

LINK DA CAMPANHA DE PRÉ-VENDA DO LIVRO: https://www.kickante.com.br/campanhas/pre-venda-do-livro-primeira-pagina

LINK DO BOOK TRAILER COM A PREMISSA DO LIVRO:

VERSÃO DIGITAL DO LIVRO NO WATTPAD:

https://www.wattpad.com/story/87429661-primeira-página-conflito-na-baiana

ENTREVISTA DO AUTOR AO JORNAL EXTRA SOBRE O LIVRO:

https://www.facebook.com/jornalextra/videos/1452204564812489/

FANPAGE DO AUTOR:

https://www.facebook.com/jmcostaescritor/

INSTAGRAM:

@jmcosta_escritor

 

Anúncios

Autor:

Poetisa da vida, Leitora por vontade, Ferroviária por destino, Rabiscadora de Cadernos, Apaixonada por Livros, pelos amigos, pela vida e filosóficamente dramática :) - Jundiaí - SP - Brasil ! #APOIOAUTORESNACIONAIS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s