Publicado em Resenha

Opinando || QUERUBINS – A Sentença da Espada – Martha Ricas – Novo Século

Para ler Querubins você precisa estar preparado(a) para ser confrontado pela estória, por suas crenças, por suas convicções, suas tradições, seus dogmas e para desconstruir seu saber para reconstruí-lo forte e amplo.

Normalmente tendemos a rejeitar aquilo que vai DE ENCONTRO com o que acreditamos como verdade ou com o que aceitamos como plausível.

Esqueça essa ideia, se assim desejar 🙂 Todos os livros trazem uma lição, mesmo que seja do que não aproveitar 🙂

Receba cada livro, cada estória e história com mente e coração abertos! E aproveite muito mais a aventura 🙂

Bora lá?!

Capa de Sentença.png

Uma guerreira do céu; Uma dama vitoriana; Uma guerra invisível.

Querubins, a sentença da espada é um relato em duas vozes: a da querubim Chaya, enviada a uma vila celta pré-cristã e que não vê no homem um ser especial, mas com um espírito guerreiro que não a deixa fugir de uma batalha, e a de Mary Grace, uma donzela da Inglaterra vitoriana atormentada por visões que não consegue desvendar. Ambas as tramas se desenlaçam por caminhos intrépidos e podem estar mais ligadas do que imaginam. Garota e querubim podem e precisam mudar o mundo em épocas diferentes. Seguindo os mesmos passos por cenários deslumbrantes e segredos cada vez mais profundos, elas o farão querer embarcar nas intrigas palacianas e nas batalhas angelicais.Recheada de paixão, mistério, ação e intrigas políticas, a trama é tão perturbadora quanto fascinante.

Fantasia / ISBN-13: 9788542804645 / ISBN-10: 8542804643 / Ano: 2015 / Páginas: 239 / Idioma: português / Editora: Novo Século.

 


cernunnos 2
CERNUNNOS
Um dos mais antigos deuses celtas, Cernunnos tem orelhas e chifres de um cervo. É o senhor dos animais, sendo muitas vezes representado ao lado deles, alimentando-os. Ele tem o poder da mutação, podendo aparecer na forma de cobra, lobo ou cervo.

 

Querubins balança capa potsgen

 

Comecei a leitura pelo segundo livro :p , mas segundo a autora, isso não atrapalharia em nada minha compreensão do texto, o que de fato se consumou! 

A leitura de Sentença da Espada, é tão ou mais prazerosa quanto Balança do Coração. Enquanto neste conhecemos a graciosa guerreira querubim Ashira, que sempre se compadece dos seres humanos e suas mazelas; naquele somos levados pelas competentes mãos da escritora Martha Ricas a conhecer Chaya, a querubim Flama Vermelha ou simplesmente, Vermelha, como é apelidada na estória, que não é tão afeita aos humanos como Ashira, mas vai descobrir que sua missão tem muito a ensinar a si mesma, além de ensinar aos humanos.

Este livro nos traz uma estória situada na Vila pré-cristã, na Bretannia ou Bretanha, onde Chaya tem uma longa jornada pela frente, dividida em várias etapas.

A narrativa iniciada por ela é alternada com Mary Grace, uma jovem inglesa dotada de um dom que julga ser uma maldição por não poder compreender e não conseguir enxergar nada além de seus próprios problemas. Ela vê o sobrenatural e este parece ser sempre alucinante e intimidador!

De maneira muito dinâmica, somos conduzidos por uma viagem histórica do início da missão de Chaya, resgatar o povo do poder opressivo e falacioso dos celtas, onde as pessoas “voluntariamente” entregavam-se a sacrifícios em prol de prosperidade e paz, além de trazer avanços tecnológicos e sociais para a vila que era basicamente composta por agricultores e artesãos, mediante uma ameaça iminente de um ataque saxão.

Paralelo a isso, vamos conhecendo a estória de Mary Grace, a jovem atormentada por visões sobrenaturais e que ao longo da narrativa vai sendo desvendada e desvendando muitos mistérios, convergindo a história da Idade Média com a da jovem, mais atual. E é nesse ponto que tudo se transforma em muitas páginas de dor, de superação de angústia e descobertas!

coracao-alado-e-espada

Não quero dar muitos detalhes, para não cometer um SPOILER! Todavia, quero fazer algumas considerações:

  • Chaya é uma querubim inspiradora, mesmo tendo um temperamento mais explosivo, ela mostra que é possível ser justa, obediente e liderar sem vilania.
  • A estória que se passa na vila é uma clara demonstração de uma sociedade onde , o bem coletivo não é visto ou praticado, mas sim subjugado astutamente por um pequeno grupo de interesse. Mas, também mostra que por uma única pessoa o bem vale a pena ser praticado e só cabe a nós praticar.
  • Mary Grace, ensina-nos que o nossos medos, podem ser a solução de todos nossos problemas, bastando apenas que saiamos do lugar que limite nossa visão, que nos permitamos desconstruir o que sabemos, para buscar compreender o conhecimento oculto; que amor verdadeiro é altruísta; que nossa missão está acima de nossas dores particulares, porque todos temos uma missão a cumprir, basta reconhecermos qual é e de que lado queremos estar.
  • A festa na mansão sombria derrubou meus muros e abalou meus alicerces. Foi terrível e intenso. Conflituoso e sufocante!
  • Martha Ricas, quero o próximo livro 🙂

E para quem é fã da escritora, uma querubim me contou rs que o terceiro livro será lançado em outubro pela Editora PenDragon ❤ 


 

Gostou? Incentive meu trabalho e o da escritora 🙂

Acesse:

ADICIONE EM SUA ESTANTE NO SKOOB

COMPRE NA EDITORA COERÊNCIA (fanpage)

COMPRE NA EDITORA COERÊNCIA (perfil)

FALE COM A AUTORA MARTHA RICAS 

VISITE O SITE MARTHA RICAS

coracao-alado-e-espada

 


Anúncios

Autor:

Poetisa da vida, Leitora por vontade, Ferroviária por destino, Rabiscadora de Cadernos, Apaixonada por Livros, pelos amigos, pela vida e filosóficamente dramática :) - Jundiaí - SP - Brasil ! #APOIOAUTORESNACIONAIS

3 comentários em “Opinando || QUERUBINS – A Sentença da Espada – Martha Ricas – Novo Século

  1. Vc usa umas palavras tão rebuscadas nas suas resenhas. Fica tudo muito chique.. Hahaha
    Eu achei incrível a forma como a Martha construiu os personagens e gradativamente foi promovendo a mudança e o crescimento deles: a Chaya, que no começo detestava os humanos, mas mesmo assim cumpriu sua missão com louvor e depois se encantou pela humanidade; a Mary Grace, que saiu de sua zona de conforto e da autopiedade e concluiu a missão iniciada séculos antes.
    O livro todo foi muito bem construído. A Martha escreve muito bem.
    Ansiosa pelos próximos.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s