Publicado em Jornalismo, Reflexão

PERDIDA NA BIBLIOTECA # A VERDADE SOBRE AS EDITORAS E OS BLOGUEIROS / BOOKTUBERS

Olá, leitores !

 

Esta postagem não era para ser verdade, mas é verdade!

Se você tem a ideia do sonho cor-de-rosa do mundo literário e gosta dessa utopia, NÃO LEIA ESSA POSTAGEM ATÉ O FIM!

editoras1

“Essa semana tivemos um episódio lamentável que só mostra como o blogueiro/booktuber brasileiro é carente e como ele se sujeita a qualquer coisa pra conseguir algo “de graça”.
Um editora, após entrar em contato com os blogueiros e booktubers que passaram na seleção de parceria da mesma, divulgou que ainda tinha 3 vagas remanescente e que os participantes que tocassem o terror nas redes sociais (ou seja, fizessem divulgação da editora feito uns loucos de graça) poderiam ser selecionados para essas vagas.

Vamos deixar uma coisa bem clara… 

As editoras não são boazinhas. Sinto muito destruir os seus sonhos (afinal, eu sou Malévola! É o meu trabalho), mas as editoras elas são uma empresa e como qualquer empresa elas precisam ter lucro. E para lucrarem elas precisam vender livros.

Assim como toda empresa, eles tem um departamento de marketing onde a função deles é divulgar os lançamentos da empresa de forma a fermentar o desejo do consumidor.

A titia Natália aqui é formada em Comunicação (Jornalismo e Assessoria de Imprensa) e Marketing, então vamos a uma aula de como funciona isso…
Eu tenho 10 mil reais pra investir em uma campanha para o livro X.

Eu tenho várias opções:

1. Pagar para um blogueiro/booktuber falar sobre o meu produto, o que vai custar uns 300 a 1000 reais dependendo do blogueiro. Podendo ser até mais barato do que isso!
Aqui eu tenho certeza de que o público alvo do meu produto será atingido, já que todos que assistem um canal sobre livros gostam de ler, certo?
2. Pagar para que o meu produto apareça em uma novela, em um programa de TV, que terá milhares de expectadores mas que não necessariamente são o público do meu produto ou não gostam de ler.
3. Utilizar a verba para colocar anúncios em ônibus, nas livrarias, fachadas de prédio, jornais…revistas..etc… Que custa o olho da cara, e competem com milhares de outras coisas pela atenção do público, que, mais uma vez, não necessariamente gosta de ler!!!!

Qual vocês acham que é mais eficiente? 
Exatamente. Os blogueiros.
Aí as editoras tiveram a brilhante ideia de formar parcerias com esses blogueiros, onde elas forneceriam o material para divulgação (no caso a newsletter de lançamento e o livro) e o blogueiro, caso tivesse interesse falaria sobre o livro a seus leitores/seguidores/assinantes.
Começou assim. Como um trabalho da assessoria de imprensa.

Na assessoria de imprensa, você manda o material ao produtor de conteúdo e torce para que ele goste do produto e passe a informação adiante. Em alguns casos você reza!
Só que depois, as editoras perceberam que elas podiam lucrar mais se tudo isso fosse transferido pro marketing, que pensou:

“Perai! Eu preciso mostrar produtividade. E eu mostro isso através de visualizações do meu produto. Eu faço uma tabela todo mês com gráficos mostrando quantas vezes eu consegui fazer com que o produto fosse exposto na mídia!!! 

 E se eu colocasse como pré requisito pra enviar os livros, que eles teriam que divulgar com uma resenha (mais uma marcação na tabela) e num prazo determinado, pra justamente fazer com que todos falem do mesmo livro ao mesmo tempo, fazendo com que todo mundo ache que precisa ler aquele livro que esta sendo tãoooo comentado? Afinal, todo mundo esta lendo, como eu vou ficar pra trás?”


Agora vamos deixar outra coisa bem clara…

Se não existissem os blogueiros, as editoras gastariam muito, mas é muitooooooo mais mesmo com publicidade do que elas gastam hoje. Elas usam os blogueiros, porque são mão de obra barata.”

 

LEIA A MATÉRIA COMPLETA ACESSANDO

> PERDIDA NA BIBLIOTECA <<

assinatura-lua-tinteiro-coracao

 

 

Anúncios

Autor:

Poetisa da vida, Leitora por vontade, Ferroviária por destino, Rabiscadora de Cadernos, Apaixonada por Livros, pelos amigos, pela vida e filosóficamente dramática :) - Jundiaí - SP - Brasil ! #APOIOAUTORESNACIONAIS

4 comentários em “PERDIDA NA BIBLIOTECA # A VERDADE SOBRE AS EDITORAS E OS BLOGUEIROS / BOOKTUBERS

  1. Oies… Uauuu que post mais verdadeiro e sincero! Eu fico com o pé atrás com esse lance de parceria, até tento, mas não é aquela coisa que eu almejo sabe? Eu acho que muitas pessoas começam a criar canal no YouTube e blogs literários só pensando nos livros que podem “ganhar de graça” se conseguir parceria. Gostei do seu ponto de vista, já que tem formação na área, mas preciso confessar, que as parcerias tem sido uma estratégia incrível para as editoras isso não há a menor dúvida! Bjos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s