Publicado em escrita, espelho da alma

Nostalgia

Oi!

E nós que nem sabemos tudo, debatemos tudo e brigamos por tudo…

Sem saber se tudo pelo que lutamos é de fato tudo e se vale todo o esforço.

Adoraria ter toda a certeza e confiança de quando meu pai me dizia para pular, pois ele iria me segurar e eu na mais linda inocência e confiança estendia os braços e me jogava sem medo, sem pesar, sem remorso.

A nostalgia parece querer tomar conta de um coração de trinta e cinco anos!!


 

Anúncios

Autor:

Poetisa da vida, Leitora por vontade, Ferroviária por destino, Rabiscadora de Cadernos, Apaixonada por Livros, pelos amigos, pela vida e filosóficamente dramática :) - Jundiaí - SP - Brasil ! #APOIOAUTORESNACIONAIS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s