Publicado em Divulgação, Mural, Parceria, Páginas da Lua, Posts, Reflexão, Textos

[REFLEXÃO] JULIANA DAGLIO – UMA CANÇÃO PARA LIBÉLULA

OLÁAA LEITORES ,  BOM DIA !!!

 

Poucas horas antes do lançamento oficial de Uma Canção para Libéllula 1 e 2 , Juliana Daglio, postou o texto abaixo, o qual compratilho com vocês na íntegra, por julgar ser um texto lindo em que a escritora se “entrega” de corpo e alma aos leitores !

Espero que estas palavras toquem seus corações e almas , assim como eu também fui tocada.

Vamos ao texto ? rsrsrs


 

Uma pequena declaração antes do lançamento. Polêmica.

Bom… Uma Canção para a Libélula será relançado amanhã, depois de quase dois anos da primeira edição, e a segunda parte vai finalmente ser lançada. Há dois anos, eu ainda tinha medo disso tudo.

Medo, sim.
De contar a vocês um segredo.
A Vanessa dos Santos, sou eu.

Nela, eu realizei meu sonho de tocar piano (ela tem o talento que eu não tenho), de morar de Londres, de criar algo que desse significado à vida de alguém. Também nela eu depositei alguns desafetos (minha mãe não parece a Valéria, só pra constar), expressei momentos de tristeza, e enterrei fantasmas do meu passado que sempre cavam a sepultura de volta.

Eu tive depressão.

Antes, eu tinha medo de contar; tanto que a psicossomática agia em mim, me trazendo alergias nervosas que eram o puro pavor de vocês descobrirem que um dia eu caí nas garras da vilã cinzenta.

Eu caí, fui assombrada por ela, vi a sombra da morte no vale, e agarrei as mãos da sobrevivência.

E por isso eu quis escrever a Vanessa, e através dela mostrar o que é ser Libélula.
Entrar no casulo da depressão, e vencer. De larva, criar asas na base do sofrimento, asas de diamante, e voar.
Eu quis mostrar através da minha criação, que eu sei que existem pessoas como eu por aí, que sentiram a dor, a solidão, e a constante melancolia dessa doença tão mal compreendida.

E amanhã, a Libélula que vai voar não sou eu, são todos os antigos, os novos e os futuros leitores, que vão abrir as janelas de suas vidas para que essa história entre por ela. Eu sei que ela pode fazer a diferença.

Eu acredito na Libélula.

Então, você que vai estar lá, seja de corpo ou de coração, saiba que não é só a vitória de um livro lançado, mas sim, a de uma história a ser contada.

Love You, Dragonflies.”


Espero vocês lá na Martins Fontes !!

Abraço da Lua 🙂
Observação :Fonte: https://www.facebook.com/juliana.regia.9?fref=nf  . Acesso em  09 de abril de 2016 às 01h40.

Anúncios

Autor:

Poetisa da vida, Leitora por vontade, Ferroviária por destino, Rabiscadora de Cadernos, Apaixonada por Livros, pelos amigos, pela vida e filosóficamente dramática :) - Jundiaí - SP - Brasil ! #APOIOAUTORESNACIONAIS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s